A EMPRESA

A empresa Vilacelos Construções, S.A. iniciou a sua actividade em Agosto de 1986, dedicando-se a trabalhos de cofragem de obras de construção civil, essencialmente edifícios.


A sua sede localizava-se em Barcelos, onde sempre se manteve até hoje, apesar de ter já passado por vários locais até às suas actuais instalações.


A partir de 1990 a empresa inicia a sua actividade como construtor geral, alterando o seu pacto social de modo a poder comprar e vender propriedades.


Em 1991 vê ser-lhe atribuídos os primeiros títulos pelo IMOPPI, actual INCI, com os alvarás de industrial de construção civil e obras públicas.


A partir desta data a empresa inicia uma nova etapa da sua vida, passando a construir obras de maior envergadura, tendo inclusive iniciado a sua actividade de construção própria.


Foram anos de rápido crescimento em termos de recursos humanos, aquisição de equipamentos para as obras, veículos de transporte, etc.
A facturação cresceu até cerca de 1997, data a partir da qual o crescimento foi menos rápido. Em 1997 constrói uma das suas obras emblemáticas, “Dois Edifícios Climaticamente Adaptados em Gondifelos, V.N.Famalicão”, com a qual vence o prémio INH 1997 para a promoção municipal.


A sua zona de actividade preferencial é o norte do país, com os concelhos de Barcelos, Famalicão, Guimarães, Fafe, Porto, Maia, Valongo, Gondomar, Vila Nova de Gaia, Chaves e Vila Real, os que onde mais edificou, tendo desde à alguns meses estabelecido contactos no sentido de nos expandirmos para todo o país.


Nas obras particulares salientam-se os edifícios de habitação em propriedade horizontal como o sector com maior volume construído, tendo no entanto construído já diversas moradias individuais, tanto para particulares, como para a sua própria imobiliária entretanto criada, para promover a construção própria.
Nas obras públicas salientam-se os edifícios residenciais a custos controlados ou de habitação social, mas também no sector do ensino se encontram diversas obras construídas desde o primeiro grau (jardins de infância), até institutos superiores como o IESF de Fafe. Outro sector activo nas obras públicas é o da Administração local, com diversos edifícios de sede de junta de freguesia, em Barcelos, Famalicão, Maia, St. Tirso e V.N.Gaia. Também já conheceram as mãos da Vilacelos obras como parques de estacionamento públicos em Barcelos e Fafe, obras de renovação urbana em Barcelos, Fafe, Famalicão, Valongo, Gondomar. Vila Nova de Gaia, assim com a ampliação do Hospital Distrital de Vila Real.


Actualmente possui 80 funcionários, maioritariamente do concelho de Barcelos, mas também de Braga, Guimarães e Fafe.


Possui os meios para poder iniciar e terminar as obras de construção civil sem recorrer a sub-empreiteiros, com a exclusão das especialidades de electricidade, pichelaria, gás, carpintaria de limpos e serralharia, dado que se soube apetrechar de todos os equipamentos necessários, quer para movimentação e transporte de cargas como para transporte de pessoal, equipamentos para demolições, máquinas para trabalhar granitos, e possui nos seus quadros pessoal qualificado para as diversas artes da construção desde pedreiros, trolhas, carpinteiros, mecânicos, estucadores, pintores, para além dos técnicos de engenharia indispensáveis a uma empresa que possui alvará de classe 6 e factura anualmente uma média de 6-7 milhões de euros.
Em finais de 2009, a Vilacelos Construções, Lda. alterou a sua denominação social para Vilacelos Construções, S.A., sendo que os actuais administradores são os antigos sócios gerentes da sociedade por cotas.